Tanto Eu como Ele somos da área da Economia/Gestão.

Tanto Eu como Ele tínhamos objetivos relativamente ambiciosos… Eu queria um grande olival, Ele queria um grande carro e uma vivenda com piscina!

Tanto Eu como Ele queríamos ter um trabalho flexível que nos permitisse acompanhar de perto o crescimento da família e, de preferência, que fosse feito a partir da casa com piscina e olival.

Olhando agora para este último objetivo percebemos que se enquadra no objetivo de liberdade financeira mas, na altura, não fazíamos ideia do que isso era!

Tínhamos (e temos) o nosso trabalho e começámos por perceber que se queríamos atingir os nossos objetivos a primeira coisa a fazer era otimizar da melhor forma o nosso salário, ou seja, perceber onde gastávamos o nosso dinheiro, não fazer gastos desnecessários, e poupar um pouco todos os meses.

Como qualquer bom gestor recorremos ao nosso velho amigo excel para elencar todos os gastos que íamos fazendo ao longo do mês (mesmo o cafezinho), dividíamos por categorias, supermercado, prestação da casa, roupa, restaurantes, etc, e fomos percebendo para onde estava a ir o dinheiro que tanto nos custava a ganhar! O importante era perceber para onde ia o nosso dinheiro!

Este “exercício” é algo simples que acredito que muita gente já faça, na verdade, Ele já fazia, Eu é que era a descontrolada da família! Mas quando percebi o dinheiro que gastava em coisas desnecessárias fiquei em choque! Só pelo facto de sabermos onde estamos a gastar o dinheiro conseguimos logo ter um maior controlo no dia a dia para não fazer escolhas irracionais de que nos vamos arrepender no final do mês quando virmos a nossa conta. Mas isto não é suficiente para atingirmos a liberdade financeira. Foi aí que Ele entrou com a sua versão 2.0 do excel…!

No próximo post Ele conta tudo sobre este excel. Fiquem atentos!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *